2010

Complementando as descrições dos vários percursos, apresentamos o nosso "Diário de Bordo", que não é mais do que uma descrição de algumas das nossas descidas, incluindo as efectuadas em rios diferentes dos descritos neste site e participações em descidas e encontros organizados por outras entidades.

.

  02/01/2010 - Alto Mondego (P.2 em Videmonte)

Mais uma visita a este percurso, um dos mais altos de Portugal e um dos meus preferidos. E que descida! Que caudal! Foi o 

maior (e melhor) que apanhei neste percurso. Já o havia feito com este caudal há (precisamente) 7 anos atrás, mas apenas a 1ª parte, pois ia sozinho com a minha mulher; agora fi-lo na totalidade!

Deu para ver que a malta com menos experiência já se sente mais à-vontade e descontraída, sempre com espírito positivo, o que é óptimo para se enfrentar as dificuldades! Já para não falar no Alexandre, com apenas 14 anos (um pouco mais de um quinto da idade do mais velho Condor do grupo...), que se safou à grande e sempre descontraído... com aquela idade é tudo uma brincadeira!

Apesar de alguma demora na descida – com o inconveniente do frio começar a dificultar o desempenho – e da desistência de um dos participantes logo ao início, tudo correu bem.  Isso faz parte da coisa, e quem se mete nisto sabe ao que vai (ou ficou a saber, hehe...). Aliás, descida sem percalços, viranços, banhos e resgates não é descida! Desde que tudo acabe bem, como foi o caso. E desta vez até houve um “sorteio” de um kayak semi-novo, que calhou ao Manuel Bonito (por acaso, era igualzinho ao que ele tinha no início da descida...)! Espero que na próxima a Joana faça, pelo menos a primeira parte, e que toda a malta continue pela segunda.

No final, o carro do Aleixo queria ficar na Serra mas, à luz de lanternas e sob chapéus de chuva, lá se fez um "arranjo à MacGiver" que aguentou a viagem de regresso... ao Alentejo!

Quanto ao jantar, resta-nos dar os nossos agradecimentos ao Nuno Ribeiro, à namorada e à sua família, que tão bem acolheram a trupe de esfomeados (e encharcados), que não conheciam de lado nenhum! 

Quanto a fotos, não existem muitas. As que saí aqui reproduzidas foram tiradas pela Joana e o Nuno Pereira, e pelo Francisco Caetano.  Na verdade, o caudal estava de tal modo rápido que quase não havia tempo para dizer "olha o passarinho"...  No entanto ainda se fizeram uns vídeos "à pressão":

Vídeo feito pelo Aleixo, no 1º rápido da 2ª parte:

http://www.youtube.com/user/amigosnatureza#p/a/u/0/Q1cznB7yTyM 

Vídeos feitos por mim, em 2 saltos:

http://www.youtube.com/watch?v=01nACH_OOQk

http://www.youtube.com/watch?v=ed_d9mI9m1o

Vídeos feitos pelo Francisco Caetano (Geoaventura):

http://www.youtube.com/watch?v=88cAIPsY8Ts

http://www.youtube.com/watch?v=9TP9nN1fuek

http://www.youtube.com/watch?v=HOetJEihKf0

http://www.youtube.com/watch?v=0TBuOhGGXig

http://www.youtube.com/watch?v=xJzypMTP5H8

http://www.youtube.com/watch?v=ky14RGI9zaI

Quinta da Taberna: a "tropa" antes de começar a descida...

Preparativos antes da viagem...

Reunião com o Aleixo algures na A23...

Neve em Videmonte, a caminho da Qtª Taberna...

Pausa antes do início da 2ª parte

Pausa antes do início da 2ª parte

Pausa antes do início da 2ª parte

 

.

  20+21/02/2010 - ENCONTRO NO CEIRA

Novamente os nossos kompanheiros Carlos Dias e Mário Martins organizaram um Encontro no Ceira, centralizado na aldeia do Colmeal (concelho de Góis), que tão bem nos acolhe em todos estes encontros! 

Infelizmente voltámos a apanhar o Ceira com um caudal pouco elevado, mas para um encontro deste tipo, em que participam vários "iniciados", até que é bom e permite fazer uma descida descontraída e sem preocupações de maior. Por exemplo, o Artur Matos e o Clube Nabância de Tomar tiveram a excelente ideia de levar uma série de miudagem que, apesar de apenas terem participado no 1º dia do encontro, terão adorado o percurso!

Como é habitual, o pessoal começou a chegar ao Colmeal na 6ª feira, tendo dormido em casa do Mário, onde aliás este ano se centralizou toda a logística, nomeadamente a confecção das refeições, esta tarefa a cargo do Chef Carlos Dias (coitado, passou o tempo de roda dos tachos e panelas...). Mas a maioria da malta chegou no Sábado. A trupe alentejana, liderada pelo Aleixo, mais uma vez - e repetindo a saga de Videmonte (ver report anterior) - por pouco não se espalhava por uma ribanceira abaixo ao atravessar a serra, que estava cheia de neve e gelo na estrada. Valeu a ajuda de um grupo que, no jeep do Carlos, saiu do Colmeal para os ir ajudar. Felizmente tudo correu bem. Por outro lado, a malta de "Vraga" também andou ás voltas em Arganil tentando arranjar uma correia de ventoinha que se havia perdido... tudo coisas normais nos nossos encontros...!  

Nesse primeiro dia optou-se pelo tradicional percurso Colmeal - Candosa - Cabreira, com a possibilidade dos locais observarem a malta a saltar a Cortada. Participaram cerca de 40 embarcações!

Ao fim da tarde fomos jantar, na Escola Primária do Colmeal, tendo o menu consistido em rancho, uma sopa ***** (de peixe, se não estou em erro), entre muitas outras iguarias... No final, o habitual café na tasquinha local, onde infelizmente assistimos na TV ás enxurradas que então assolavam a Madeira...! 

Os que ficaram para o dia seguinte dormiram outra vez na casa do Mário. 

Vídeo e fotos do Rodrigo Dias Lopes:
http://www.youtube.com/user/Rodiaslopes#p/a/u/0/KnIJgkHafzA

http://picasaweb.google.pt/rodlopess/EncontroCeira2010?authkey=Gv1sRgCKGAj63ijpHT-QE

Reportagem publicada no Blog da União Progressiva da Freguesia do Colmeal:

http://upfc-colmeal-gois.blogspot.com/2010/02/canoagem-no-ceira.html

 

.

Início, no Colmeal

Alinhados para a partida...

Salto na "Cortada"!

Um açude

O túnel antes da Cabreira

O túnel antes da Cabreira

 

Uma bela ponte...

Uma bela tachada de... "rancho"!!

 

.

  25/04/2010 - Rio Paiva (Encontro do CCABP)

Integrada no PAIVAFEST (encontro organizado pelo Clube de Águas Bravas de Portugal), esta descida é a "clássica" que fecha o evento e está reservada para o último dia, na qual, para além de kayaks, se juntam vários rafts que aí fazem as suas descidas comerciais. 

Apenas decidi participar praticamente na véspera, pelo que nem sequer deu para prevenir a organização. Assim, arregimentei o Frederico Albuquerque (que está sempre pronto para estas coisas) e o filho, o Tiago, que há apenas uma semana atrás tinha regressado de uma missão militar de 7 meses no Afeganistão! E, armados em "penetras", lá fomos! Havíamos prevenido o Carlos Dias que, juntamente com muita malta, já lá estavam há dias, a "papar" todo o encontro. 

Como o início da descida estava "programado" apenas para as 11h, deu para zarparmos de Lisboa pelas 8h. 

Ainda assim, fomos os primeiros a chegar ao local. Como já esperava, as "celebrações" da véspera haviam-se prolongado noite fora, e o grosso do pessoal só começou a aparecer bem mais tarde. Ainda deu para rever malta que já não via há algum tempo, como o Henrique e a Teresa, mas não dava para esperar mais, pelo que juntámos um grupo menor e fomos descendo. 

Apesar do caudal estar um pouco baixo, o tempo estava magnífico e a descida foi óptima. Pelo caminho íamos apanhando alternadamente alguns rafts do Canhão.

No final, como não podia deixar de ser, fomos jantar a uma tasquinha que alguém nos recomendou, algures entre Travanca e Espiúnca. Não só enchemos a barriga - doses brutais de belos bifes, vinho verde tinto, 1 bolo inteiro de chocolate (caseiro), etc, etc - e saímos de lá a "rebolar", como também "lavámos a alma e enchemos a vista" com os atributos da moça que nos serviu... o Tiago, depois de 7 meses no Afeganistão a ver mulheres cobertas de "burkas", devia pensar que estava no paraíso!

Para mim, foi a última descida desta época, que não podia ter terminado de melhor forma!

Agora, só as "Estafas da Kompanhia", em Agosto...!

.

 

Pausa a meio do percurso

Grande Carlinhos!

A malta dos rafts

Final de um rápido largo...

Ao jantar...

 

.

 

Voltar à PÁGINA INICIAL

Pedro Carvalho   ( tlm: 967062711  E.mail: kompanhia@clix.pt

Enviar E.Mail

Ultima actualização:  11/06/2010